Você é curioso? Tem vontade de clicar em manchetes de notícias que prometem ganhar dinheiro sem sair de casa ou revelar o segredo de uma celebridade?

Fica tentado a clicar em anúncios com descontos interessantes para aqueles produtos bacanas, que estavam no seu radar? Cuidado, pode ser golpe!

Esses são alguns jeitos que criminosos que agem pela internet usam para roubar seus dados.

Esse tipo de golpe chama phishing e tem se tornado cada vez mais comum, especialmente entre os internautas brasileiros.

Dados revelados durante a Conferência de Analistas de Segurança para a América Latina apontam que 48 milhões de usuários de internet aqui no país foram vítimas de phishing no último ano – o equivalente a um em cada quarto brasileiros.

Os especialistas explicam que a confiança é a principal isca para o phishing. Os criminosos geralmente enganam as pessoas apelando para sua curiosidade. Por isso, a principal dica para não cair nesse tipo de golpe é não clicar em links suspeitos.

Também é importante ficar de olha no endereço do site que você está acessando e, de preferência, informar seus dados apenas em ambientes seguros, como aplicativos confiáveis e sites que usam certificado de segurança, que são aqueles que começam com “https” e geralmente mostram a figura de um cadeado ao lado do endereço.

E como os golpistas estão cada vez mais sofisticados, todo cuidado é pouco!

Mais Notícias

COMPARTILHAR