Segundo Vilson Calixto, caso a equipe não participe da competição, a mesma será penalizada para as disputas dos Jogos Regionais e Abertos de 2016.

A equipe de voleibol, categoria adulto masculino, do Objetivo/SME/Araras tenta a participação nos Jogos Abertos do Interior, que acontece até o próximo dia 12, na cidade de Barretos/SP. Das oito modalidades de Araras que conseguiram vaga para a disputa da competição, apenas o vôlei havia realizado a inscrição.

“Foi muito difícil garantir a vaga para os Jogos Abertos. Então estamos fazendo o possível para não perdermos a oportunidade de disputar uma das maiores competições esportivas do país”, frisou o técnico da equipe ararense, Vilson Calixto.

Segundo Vilson Calixto, caso a equipe não participe da competição, a mesma será penalizada para as disputas dos Jogos Regionais e Abertos de 2016.
Segundo Vilson Calixto, caso a equipe não participe da competição, a mesma será penalizada para as disputas dos Jogos Regionais e Abertos de 2016.

No entanto, Calixto afirma que a Secretaria Municipal de Esporte avisou a todas as equipes classificadas que Araras não disputaria os Jogos deste ano e que não haverá apoio por parte da Prefeitura caso alguma modalidade decidisse se inscrever. “Nosso projeto existe há 20 anos em Araras e por respeito aos nossos atletas estou buscando apoio ao próprio secretário de esportes, Joilson dos Santos Souza, e também de vereadores, pois precisamos de transporte e alimentação aos jogadores e comissão técnica nos dias das competições”, comentou. “Se os ararenses não competirem, eles serão penalizados para a disputa dos Jogos Regionais e Abertos em 2016, ficando impedidos de participar”, afirmou o técnico do Objetivo/SME/Araras.

A equipe estreia na competição no início da próxima semana. A delegação está no grupo C junto com os times de Guarujá e Sertãozinho.

Questionada sobre o assunto, a Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Atividades Motoras informou que indefinições relacionadas à data e local dos Jogos Abertos do Interior prejudicaram o planejamento logístico da pasta, interferindo também na previsão de custos com a delegação da cidade, já que a atual crise financeira também afetou os cofres públicos. Foram pelo menos três mudanças que complicaram a programação do município.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*