Wilson foi contratado pelo Fortaleza em abril deste ano

Além do título, o atacante de 33 anos também garantiu o acesso com a equipe cearense na primeira divisão do nacional em 2019

O ararense Wilson Fonseca conquistou o título brasileiro da série B com o Fortaleza no último sábado (10), após a vitória por 1 a 0 sobre o Avaí, na casa do adversário. O gol da conquista saiu dos pés de Rodolfo, aos 49 minutos do 2º tempo, pela 36ª rodada da competição nacional.

Além do título, o atacante de 33 anos também garantiu o acesso com a equipe cearense na rodada anterior. “É um momento muito importante na minha carreira e estou muito feliz em fazer parte desse grupo campeão. Deus me abençoou em estar em campo neste dia, uma emoção que não tem explicação”, comemorou o jogador.

No entanto, Wilson só poderá comemorar com a taça de campeão na próxima quinta-feira (15), quando será entregue oficialmente pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Contratado pelo Fortaleza em abril para a disputa da série B, o ararense atuou em 19 jogos, marcou um gol e deu duas assistências. Neste ano também atuou pelo Linense na série A1 do Campeonato Paulista e marcou quatro gols em 11 partidas.

Esta é a segunda vez consecutiva em que um ararense levanta a taça de campeão pela série B do Campeonato Brasileiro. Em 2017, Luan Louzã conquistou o título nacional pelo América Mineiro.

Wilson esteve em campo na partida contra o Avaí, no último sábado (10). (Foto: Divulgação)

Histórico

Wilson deu seus primeiros passos no União São João, mas foi revelado pelo Corinthians em 2003 (ano em que também foi convocado para seleção brasileira sub-19) e permaneceu no Timão até 2005. Foi vendido ao Genoa da Itália e atuou em apenas três partidas, sendo emprestado ao Sport. Pelo Leão da Ilha, o atacante marcou 31 gols em 60 jogos durante os três anos (2008 a 2010) que ficou por lá, indo em seguida atuar no Guizhou Renhe da China em 2011.

No time chinês Wilson disputou três partidas e marcou três gols. Em 2012 foi vendido para o Vegalta Sendai do Japão atuando por cinco temporadas e em 2017 se transferiu para o Ventforet Kof, também do Japão. No futebol japonês, o ararense atuou em 182 oportunidades e anotou 53 gols.


 

Ararenses lutam contra o rebaixamento nas duas divisões do Brasileirão

Luan Louzã e Nando Carandina (foto abaixo) lutam para livrar o América Mineiro e Paysandu, respectivamente, do rebaixamento das séries A e B do Brasileiro

Enquanto Wilson Fonseca comemora o título e acesso a elite do Campeonato Brasileiro pelo Fortaleza, Luan Louzã (América Mineiro) e Nando Carandina (Paysandu) lutam para fugir do rebaixamento das séries A e B do nacional.

Pelo América, Luan subiu com a equipe mineira campeã em 2017 e este ano briga para não ser rebaixado à série B do Brasileirão. Com a derrota no último sábado para o Paraná Clube por 1 a 0, o Coelho permanece na zona do rebaixamento, ocupando a 18ª colocação com 34 pontos, faltando cinco rodadas para o fim da competição.

Já Nando Carandina, com o Paysandu, ocupa a 17ª colocação com 40 pontos, dois a menos que o CRB (primeiro fora do Z4). O Papão vem de vitória por 2 a 0 sobre o Guarani e tem duas rodadas (contra Figueirense e Atlético Goianiense) para espantar de vez o fantasma do rebaixamento. Este ano, o ararense foi campeão da Copa Verde e, juntamente com a equipe paraense, garantiu a vaga na Copa do Brasil de 2019.

Por César Foguel

Outras notícias

COMPARTILHAR